As Blockchains Mais Inovadoras do Mercado
O que achou do Conteúdo? Avalei!

/Users/vitor/Desktop/tecnologia da scriptomoedas.png

Conheça alguma das maiores e mais inovadoras Blockchains do mercado de Criptomoedas.

No inicio muitos investidores não acreditavam nas criptomoedas, eles achavam que as mesmas perderiam força a qualquer momento, mas agora, mais de 10 anos depois, ficou claro para a maioria das pessoas que esse é um conceito que veio para ficar. Aqueles que adotaram as moedas digitais com bastante antecedência experimentaram um grande retorno sobre seus investimentos. A questão não é saber se você deve investir em criptomoedas, e sim entender como funciona para entrar no mercado na hora certa, desta forma, compreender toda a tecnologia por trás das criptomoedas é fundamental para ter um entendimento maior de como esse conceito funciona para evitar perder dinheiro nos seus investimentos.

A ideia de Blockchain

O setor das criptomoedas são baseados na tecnologia blockchain. Mesmo que as origens desta tecnologia estejam envoltas em mistério, sabe-se que ela foi criada em 2009 por uma entidade que se chamava Satoshi Nakamoto, que até hoje não se sabe a real identidade dos membros, ou membro.

O objetivo dessa tecnologia é possibilitar que duas pessoas enviem pagamentos por uma plataforma segura sem precisar revelar suas identidades. Todas as transações ficam registradas em uma espécie de livro aberto, onde qualquer pessoa pode consultar através da internet. Não há necessidade de a transação ser verificada por terceiros. No início, o objetivo dessa tecnologia era permitir, sancionar e registrar transferências de criptomoedas.

Blockchain: Tecnologia Incorruptível

Desde a criação do blockchain, ele vem evoluindo para algo grande. Pode ser compreendido como um novo tipo de internet. Sua capacidade de facilitar a transmissão de informações digitais sem qualquer receio de que possa ser copiada ou hackeada é uma das suas principais vantagens.

A resiliência da tecnologia Blockchain transformou esta ferramenta no que Don e Alex Tapscott, dois autores do Blockchain Revolution (2016), chamam de livro digital de transações econômicas, que segundo eles não podem ser corrompidas. Não é mais apenas um programa para registrar transações financeiras, agora tem a capacidade de registrar qualquer outra coisa com valor. Não é atoa que bancos e os governos de grandes potencias mundiais já estão estudando como implementar o blockchain para o uso no cotidiano, visando aumentar a segurança da população.

Quão seguras são essas tecnologias?

O componente da tecnologia blockchain garante que haja uma identidade digital segura. Basicamente, a identidade dos indivíduos envolvidos em uma transação baseia-se em cada um deles ter uma combinação de chaves de criptomoedas que são públicas e privadas: criar algo que possa ser considerado uma assinatura digital. É assim que a propriedade é controlada.

A Blockchain da Ethereum

O blockchain da ethereum é extremamente semelhante ao do Bitcoin, na medida em que consiste basicamente em um registro compartilhado de todo o histórico de transações.

Desta forma, todos os nós da rede, armazenam uma cópia desse histórico. A grande diferença do Ethereum é que os nós do mesmo armazenam o estado mais recente de cada contrato inteligente, e além disso todas as transações do ether.

Basicamente, para cada aplicação ethereum, a rede precisa fazer o acompanhamento do ‘’estado’’ ou as informações atuais de todos esses aplicativos, incluindo o saldo de cada usuário.

Já o Bitcoin, por sua vez, ocorre o seguinte: Toda vez que uma transação de Bitcoin é realizada, a rede faz a “quebra” do valor total como se fosse um papel-moeda, devolvendo os Bitcoins de uma maneira que faz com que os dados se comportem de maneira parecida a moedas ou mudanças físicas.

Para realizar futuras transações, a rede de Bitcoin precisa adicionar todas as suas alterações, que são classificadas como “gastas” ou “não gastas”.

A Ethereum, por sua vez, usa contas. Como se fossem os fundos da conta bancária, os tokens ether basicamente aparecem em uma carteira e podem ser portados para outra conta. Os fundos sempre estão presentes em algum lugar, mas não possuem o que nós podemos chamar de relacionamento contínuo.

Governança Blockchain – Decred

O Decred (DCR) é uma criptomoeda que prioriza, assim como a maioria das outras criptomoedas, a governança descentralizada e a tomada de decisões dentro do blockchain. O objetivo é construir uma criptomoeda que seja executada de forma autônoma, com algumas melhorias votadas e aprovadas diretamente pelos mineiros e detentores da moeda.

O Decred incorpora algumas mudanças fundamentais do protocolo em que o Bitcoin se baseia para atingir esses objetivos de descentralização.

Para algumas pessoas, o Decred representa tudo o que o Bitcoin deveria ser desde a sua criação. Ele foi visto como o auge da descentralização e da tomada de decisões democráticas para uma rede peer-to-peer, permitindo-lhe responder de forma rápida a ataques e solicitações da comunidade para novos recursos.

Os desenvolvedores e a comunidade do Decred acreditam que o protocolo elaborado a Decred para conseguir incorporar melhorias e mudanças, permitirá que ele consiga se tornar a melhor criptomoeda no mercado ao longo prazo. Com o tempo, eles alegaram que o Decred será o mais competente em conseguir atender às necessidades dos futuros usuários de criptomoedas, e isso fará do Decred a moeda mais importante com base na influência do usuário.

Prós e contras de Criptomoedas

Muitas pessoas têm se perguntado e vale a pena usar criptomoedas. Confira aqui estão os principais prós e contras de usá-las:

• Elas são seguras e fornecem um alto nível de anonimato aos usuários.

• As transações são irreversíveis, por isso possuem baixas taxas e não podem ser falsificadas, muitos usuários as consideram mais confiáveis ​​do que as moedas convencionais.

• Elas são descentralizadas, isso significa que elas estão abertas a todos. Diferentemente dos bancos que insistem em muitas pré-condições, como as nacionalidades.

• Pode ser considerada um novo tipo de dinheiro, desta forma os mercados estão descapotando o significado de pequenos investimentos, porque os traders podem obter enormes quantias em pouco espaço de tempo.

O comércio de criptomoedas é extremamente impulsionado pela demanda e pela oferta, desta forma os riscos envolvidos são monumentais. Assim como você pode ganhar muito dinheiro durante a noite, o risco de perder tudo ou muito dinheiro é igualmente alto. O alto nível de anonimato fez com que as criptomoedas se associassem a redes criminosas. A maioria dos hackers, comerciantes ilegais e traficantes de drogas usam criptomoedas para manterem seu dinheiro seguro e livre das autoridades locais e internacionais.